top of page

sáb., 15 de jun.

|

Google Meet

Espaço Literário Psicanalítico do ESIPP - Obras de autores/as negros/as

Ação da Coordenação de Ações Afirmativas do Esipp, direcionado a todos/as que possuem o interesse na intersecção da obra de autores/autoras negros/negras com a Psicanálise.

Os ingressos não estão à venda
Ver outros eventos
Espaço Literário Psicanalítico do ESIPP - Obras de autores/as negros/as
Espaço Literário Psicanalítico do ESIPP - Obras de autores/as negros/as

Horário e local

15 de jun. de 2024, 10:00 – 11:30

Google Meet

Sobre o evento

O primeiro encontro do Espaço Literário Psicanalítico de obras de autores/as negros/as ocorre no dia 15 de junho, sábado às 10h, online. 

Este projeto é mais uma ação da Coordenação de Ações Afirmativas do ESIPP, direcionado a todos/as que possuem o interesse na intersecção da obra de autores/autoras negros/negras com a Psicanálise. 

Começamos com a leitura da obra “Olhos D’água” de Conceição Evaristo, linguista e escritora afro-brasileira, considerada como uma das mais importantes literatas pós-modernista do Brasil. A primeira mulher negra a ingressar na Academia de Letras Mineira.

O nosso primeiro comentarista convidado para este Espaço Literário é Evandro Machado Luciano, Psicanalista, membro da Après Coup – Psicanálise e Poesia, Porto Alegre, RS. Membro do Grupo de Trabalho em Psicanálise Amefricana, vinculado à mesma Instituição. 

Publicou Crônicas da Revista Parêntese, sobre Psicanálise e a vida cotidiana. Publicou na Revista Ana O.- Psicanálise e Cultura , vol 2 . Atualmente se dedica a investigar a função do Supereu na experiência do sujeito amefricano.

Teremos como mediadora do encontro a Psicóloga Jessica Antunes, membra associada do ESIPP, componente da equipe de Coordenação das Ações Afirmativas do Esipp.

O objetivo dos Encontros é favorecer a representação da identidade negra, sob o entendimento psicanalítico, a partir da disseminação da obra literária de autores/as desta etnia, com vistas a minimizar as repercussões da preponderância das narrativas do padrão hegemônico na literatura brasileira, que se configura como epistemicídio da cultura negra. 

Aproximar os estudos das relações raciais com a literatura, possui o intuito de promover debates a partir de uma compreensão psicanalítica sobre os fenômenos apreendidos na construção das obras escolhidas.

As inscrições para este evento devem ser feitas até 13 de junho.

Compartilhe esse evento

bottom of page